25 de maio de 2024 10:47

Começa em Salvador o XIX Encontro Nacional do PROIFES-Federação

Teve início na noite desta quarta-feira (19) na capital baiana o XIX Encontro Nacional do PROIFES-Federação. O evento, que vai até o dia 21, reúne uma média de 200 convidados, entre diretores, delegados dos sindicatos federados, palestrantes e observadores. 

Durante todo o evento, dividido em quatro eixos de debate, serão discutidos temas como a valorização e carreira dos docentes das universidades e institutos federais, a luta contra a privatização da educação pública, a reestruturação sindical e os desafios do momento. 

A abertura contou, dentre outros nomes, com a presença do presidente da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação) Heleno Araújo, da Vice-presidente da IEAL  (Internacional da Educação da América  Latina) , Fatima Silva, do Secretário Geral da CONADU (Federação Nacional de docentes universitários da Argentina), Carlos de Feo, e da presidente da CUT-BA, Maria Madalena Firmo. 

A anfitriã e presidente da APUB, professora Marta Lícia, iniciou a solenidade agradecendo a todos os presentes e destacando o trabalho realizado por toda diretoria e funcionários do sindicato, que assumiram a responsabilidade de trazer o encontro nacional do PROIFES para Salvador.  

“O encontro acontece justamente no mês de julho, quando comemoramos o  bicentenário da independência da Bahia, local que nos últimos seis anos foi palco de muita resistência. Com a realização desse encontro reforçamos o compromisso da APUB de construir sua história pautada nas defesas da democracia, da universidade pública e da categoria docente“, afirmou Marta Lícia.

O Secretário Geral da Federação Nacional de Docentes Universitários da Argentina (CONADU), Carlos de Feo, destacou a importância da participação do PROIFES no cenário internacional. “Como entidades defensoras da educação, temos a obrigação de defender e fortalecer as universidades, lutando contra os fantasmas da mercantilização e privatização da educação. Lutar pelas universidades é lutar também pelo futuro“, afirmou o Secretário.

O presidente da CNTE, Heleno Araújo, reforçou o simbolismo do encontro nacional do PROIFES. “Esse encontro simboliza a construção de orientações importantes para o governo, tendo a educação e a  democracia como eixos de luta. A história é movida pela luta de classe e, considerando o lugar que os professores e trabalhadores ocupam no Brasil, participar desse evento nos honra. A organização sindical cumpriu um papel importante na construção do Brasil que estamos agora e tenho certeza que deste evento sairão grandes contribuições para os próximos anos de governo“, afirmou Heleno.

O presidente do PROIFES, professor Nilton Brandão finalizou a cerimônia de abertura destacando as pautas de luta do PROIFES e a importância que cada convidado presente na mesa simboliza para a defesa dessas pautas. 

 “Temos aqui um conjunto de pessoas que são fundamentais para a nossa luta, representações que vão desde os estudantes até os aposentados, o que demonstra o compromisso do PROIFES com as diversas pautas da educação. Nos orgulhamos de dizer que os avanços da educação federal nos últimos 20 anos tem as digitais da Federação. O PROIFES veio à Bahia para discutir a educação pública, gratuita, de qualidade e o compromisso dos governos de cada estado na construção dessa pauta“, finalizou Brandão.

Participaram também da solenidade de abertura, Mateus Martins, representando o governador da Bahia, a vice-presidente da UNE (União Nacional dos estudantes), Dayane Araújo, o coordenador geral do Diretório Central dos Estudantes da UFBA, Arlindo Neto, a Secretária Regional da SBPC (Sociedade Brasileira para o progresso da ciência), Tânia Hetkowski, a diretora da ANAPAR (Associação Nacional dos Participantes de Fundos de Pensão e dos beneficiários de Saúde Suplementar, Julia Margarida, o presidente da MOSAP (Movimento Nacional dos Servidores Públicos Aposentados e Pensionistas), Edison Haubert, a diretora da UNILAB, Miriam Carneiro, o pró-reitor de gestão acadêmica da Universidade Federal do Sul da Bahia , Francisco Lanciotti, o reitor da Universidade Federal do Oeste baiano, Jacques Miranda, o reitor do instituto federal baiano e representante do CONIF, Aécio Duarte, o reitor da universidade federal da Bahia representando a ANDIFES, Paulo César Oliveira e o presidente do Conselho Estadual de Educação da Bahia, Paulo Nacif.

Reconhecimento

Em todos os encontros do PROIFES, a diretoria escolhe um professor para receber uma homenagem da Federação, neste ano a Diretora de Comunicação, Gilka Pimentel foi a homenageada da vez. 

Durante a solenidade, o brilhante trabalho exercido pela professora desde a fundação do PROIFES, foi reconhecido. “Forjada nas lutas que escolheu travar, dedicou a cada uma o melhor da sua energia. Foi assim no movimento estudantil, é assim no movimento sindical docente“, foi assim que Gilka foi reconhecida com muito aplauso por todos presentes na abertura.

Gostou do conteúdo? compartilhe!

Pular para o conteúdo