17 de junho de 2024 23:27

Decisão final sobre proposta do governo e greve docente da UFG será por plebiscito eletrônico

Após quase quatro horas de debate, os docentes presentes na Assembleia Extraordinária da Universidade Federal de Goiás (UFG) optaram pela rejeição da proposta do Governo Federal à categoria. A decisão final sobre o assunto ocorrerá por meio de plebiscito eletrônico, conforme prevê o Estatuto do Adufg-Sindicato. Na votação, os docentes também vão decidir sobre a manutenção ou não da greve.

A votação será realizada das 17 horas desta quinta-feira (23/05) às 17 horas de sábado (25/05). Na assembleia, o presidente do Adufg-Sindicato, professor Geci Silva, apresentou a proposta encaminhada pelo governo na última Mesa Específica e Temporária da Educação do Magistério Federal. Em seguida, após os debates, foi encaminhada a votação em dois turnos, sendo o primeiro na assembleia, e a decisão final no plebiscito eletrônico.

Confira, abaixo, como votar:

1)      – Acesse www.votacao.adufg.org.br;

2)      – Informe o seu CPF e clique em acessar;

3)       – Abra seu e-mail em outra janela do seu navegador e consulte a senha enviada pelo sistema;

4)      – Retorne para a página do sistema de votação, informe a senha e clique em entrar;

5)       – Clique na primeira enquete, que trata da finalização ou não da greve de docentes da UFG;

6)      – Marque a opção desejada e, em seguida, clique em “efetuar meu voto”. 

7)      – Na sequência, clique em ativas e abra  enquete que trata da proposta do governo aos docentes;

8)    –  Marque a opção desejada e, em seguida, clique em “efetuar meu voto”.

As senhas são enviadas automaticamente para os e-mails dos professores. Caso não recebam as informações, os docentes devem entrar em contato também pelo (62) 3202-1280.

Não filiados

Docentes que não são filiados ao Adufg-Sindicato também poderão votar no plebiscito. Quem ainda não conta com cadastro no sistema de votação deve fazer a solicitação pelo e-mail secretaria@adufg.org.br. Os professores devem informar nome completo, número da matrícula Siape, CPF, e-mail e unidade acadêmica.

Fonte: ADUFG-Sindicato

Gostou do conteúdo? compartilhe!

Pular para o conteúdo