25 de junho de 2024 01:56

PROIFES-Federação reforça campanha contra a Reforma Administrativa – PEC 32

O objetivo é alertar a população sobre as consequências da PEC que ameaça a manutenção dos serviços públicos

A partir desse sábado (28), o PROIFES-Federação reforça sua campanha e mobilização contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020, mais conhecida como Reforma Administrativa. O objetivo é alertar os professores/as ativos/as e aposentados/as, servidores/as do serviço público e à sociedade sobre os impactos negativos da reforma. A campanha defende ainda a valorização do serviço público gratuito e de qualidade no País.

O presidente do PROIFES-Federação, Nilton Brandão, destacou a importância desta iniciativa. “Pretendemos alertar que parte significativa da sociedade brasileira ainda não se deu conta que a Reforma Administrativa vai afetá-la diretamente, representando o fim dos serviços públicos como conhecemos hoje, fragilizando ou extinguindo carreiras, e ameaçando inclusive universidades e institutos federais, que poderão deixar de existir com uma simples canetada”, ressaltou.

Desde o início de outubro, o PROIFES tem se mobilizado contra o andamento da PEC dentro do Congresso Nacional, dialogando com parlamentares e alertando para os males que a reforma administrativa pode causar não só para os servidores públicos, mas também para a sociedade brasileira. 

A diretora de Comunicação do PROIFES-Federação, Gilka Pimentel, explica que a Campanha do PROIFES contra a PEC 32 é voltada ao compartilhamento e disseminação em redes sociais de diferentes plataformas. O conteúdo é composto por animações, cards, vídeos dentre outros materiais de divulgação contra a PEC. 

Gostou do conteúdo? compartilhe!

Pular para o conteúdo