PROIFES | Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico

Comunicação

Notícias Proifes

Manter-se ativo, com atitudes positivas e otimismo prolonga a vida, diz médico cardiologista

Publicado em : 12/11/2020

A ADUFRGS-Sindical promoveu na última terça-feira, 10, em parceria com o Núcleo de Multiatividades do sindicato mais uma edição do ciclo “Encontros com Aposentados”, com o tema Medicina, Espiritualidade e Qualidade de Vida. O convidado foi o médico cardiologista Mário Borba e a mediação foi feita pela professora da Faculdade de Educação da UFRGS e membro do Conselho de representantes da ADUFRGS, Jaqueline Moll.Na abertura do encontro, o vice-presidente da ADUFRGS, Darci Campani, explicou que os Encontros neste período de pandemia, têm contribuído “para nos unirmos e nos aproximarmos”. Esta edição, apontou, foi proposta pelo Grupo de Atividades Ciência, Espiritualidade e Práticas Sociais, com o apoio da coordenadora, a professora Dinorá Fraga.

Momento de aprendizado

A professora aposentada Jaqueline Moll começou dizendo que embora, os aposentados, como ela, “estejamos em outro momento no ciclo de relação com a universidade, que não termina, seguimos aprendendo e construindo propósitos para estar no mundo com mais qualidade”, justamente o sentido destes encontros e o tema da palestra de Mário Borba.O nosso Palestrante tem uma história de vida e de trabalho ligada à Medicina, apontou Jaqueline, “e ligada à ruptura de dualismos, de conceitos rígidos herdados da modernidade”, tema que segundo a professora “nos leva à construção de um paradigma superador de dualismos. Quem é que nós somos, o que nos anima, que propósitos temos no mundo?”. 

Qualidade Vida 

O doutor Mário Borba faz parte do Grupo de Estudos em Espiritualidade e Medicina Cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia, que acabou de se tornar um departamento. Na explanação, o médico explicou conceitos relacionados ao tema, como paradigma, espírito e materialismo e trouxe diversas pesquisas e evidências científicas sobre como a Espiritualidade, o otimismo, a gratidão e uma visão mais positiva sobre como a vida influencia na saúde.Mário defendeu que “ciência é sapiência, é sabedoria, é busca de evidências” mas usou as palavras do cientista Carl Sagan - “A ausência de evidências não é evidência de ausência” - para debater sobre como “a enfermidade moral, como pensamentos e sentimentos influenciam na saúde”.

Borba apresentou uma pesquisa que acompanhou 70 mil enfermeiras norte americanas por oito anos, e traçou a relação entre otimismo e a saúde. O quartil mais otimista, disse, teve 16% menos morte por câncer; 38% menos morte por doença cardíaca; 39% menos morte por acidente vascular cerebral; 38% menos morte por doença respiratória e 52% morte por de infecção. “Neste momento que estamos vivendo de pandemia, com infecção, doença respiratória, como a gente faz para ser otimista? Talvez seja justamente pelo conhecimento”.

E por isso mesmo, mostrou uma pesquisa de 2016 que relacionou a leitura de livros à longevidade. O estudo acompanhou 3.635 pessoas de mesmas características de saúde e concluiu que a leitura de livros por, pelo menos, 30 minutos ao dia, “não apenas ajudou a tolerar a existência, como prolongou a existência por 23 meses”.Na opinião do médico, baseada em toda a trajetória de pesquisa no tema,  pensamentos e sentimentos interferem na saúde cardiovascular. “Quem tem propensão ao perdão, tem infartos menos graves”, disse. O problema, apontou, é “ruminar daquele problema que nos afeta, é fator de doença coronariana, causa estresse. Então quando falamos de paradigma espiritual, não quer dizer que devemos destruir o paradigma materialista, mas trazer a dimensão espiritual para dentro. Não é só mental, é a maneira que tu lida, sabiamente ou não. 

Confira a apresentação do médico cardiologista Mário Borba

Assista à íntegra da live aqui

Confira alguns depoimentos no chat do evento:

Dinora Moraes - O grupo de atividade Ciência Espiritualidade e Práticas Sociais convida os professores e outras pessoas a colaborarem para a programação de 2021 Faremos o convite oportunamente.

Sonia Mara Moreira Ogiba - Maravilha!! Tanto a preservação da memória como a do cuidar são noções caras para o ato de inventarmos esse como vivermos juntos!!

Valquiria Moll Grazziotin - Acompanhando de Erechim!!!

Fonte: Portal Adverso



Nova edição do Jornal da APUB

Nova edição do Jornal da APUB

 24/11/2020

A Apub lança a última edição de 2020 do Jornal do sindicato, exclusivamente em formato digital. O Jornal traz uma retrospectiva dos últimos dois anos, aborda os debates do XVI Encontro Nacional do PROIFES e revela os resultados preliminares da Pesquisa [...]















GO!Sites