PROIFES | Federação de Sindicatos de Professores e Professoras de Instituições Federais de Ensino Superior e de Ensino Básico Técnico e Tecnológico

Comunicação

Notícias Proifes

Entidades em defesa da educação traçam estratégias para barrar votação da PEC 186/19

Publicado em : 24/02/2021

Com o objetivo de discutir os efeitos deletérios que as Propostas de Emendas Constitucionais (PECs) em pauta no Congresso estão prestes a produzir na educação brasileira, representantes de entidades ligadas à educação, deputados federais, senadores, assessores de parlamentares e secretários estaduais e municipais da pasta estiveram reunidos de forma remota na noite da última terça-feira (23), em reunião chamada pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED).

O principal ponto de pauta da reunião foi a PEC186/19, também conhecida como PEC Emergencial. A proposta torna permanente o ajuste determinado pela Emenda Constitucional 95/2016 e potencializa os seus efeitos, retirando recursos da saúde e da educação. A votação da proposta está prevista para esta quinta-feira (25) e como forma de chantagear o parlamentares, o Governo Bolsonaro condicionou a concessão do auxílio emergencial para a população vulnerável pelo período de quatro meses à aprovação da PEC.

O presidente do ADURN-Sindicato, Wellington Duarte, que participou do encontro na qualidade de vice-presidente do PROIFES-Federação, entende que a proposta reforça o descaso com o qual o atual governo trata as políticas sociais no país. "Espero que a gente possa construir no futuro atividades conjuntas para mostrar à população a importância da educação, pois o ataque ele desmonta não apenas a questão orçamentária, mas também a própria importância da educação na sociedade brasileira. Devemos trabalhar juntos para mostrar a deputados e senadores que estamos contrários a mais esse ataque", afirmou o dirigente.

A necessidade de formar uma ampla frente em defesa da educação colocada por Wellington foi um ponto em comum das intervenções. Durante a reunião, que contou com mais de 70 participantes, foram traçadas estratégias para impedir que a votação da PEC 186/2019 ocorra na quinta.

Veja aqui a nota pública do Consed contra dispositivos da PEC Emergencial.

Fonte: Ascom ADURN-Sindicato













Nota de repúdio à portaria 983/2020

Nota de repúdio à portaria 983/2020

 01/04/2021

O SINDIEDUTEC vem a público ressaltar o seu repúdio à portaria 983, emitida pelo MEC em novembro de 2020, por entender que a afronta à autonomia das IFES é uma afronta também aos processos democráticos livres que ocorrem dentro das [...]





GO!Sites